sábado, novembro 08, 2008

Cerca de 60% das mulheres sofrem de disfunção sexual

Segundo Lorenzo Guirao, presidente da Associação para a Pesquisa das Disfunções Sexuais, aproximadamente 60% das mulheres sofrem com algum tipo de disfunção sexual ao longo da vida, enquanto que 40% dos homens apresentavam este problema. Os dados foram apresentados no XII Congresso Mundial da Menopausa, que está sendo realizado em Madrid, na Espanha.

No decorrer do evento, foram apresentadas outras pesquisas internacionais relacionadas com a atividade sexual das mulheres. Rosella Nappi, médica da Fundação Salvatore Maugeri, da Universidade de Pavia, na Itália, destacou que 30% das mulheres carecem de interesse por sexo.

Estes fatores, de acordo com a pesquisadora, aumentam na menopausa e influenciam diretamente na qualidade de vida que as mulheres levam, já que perdem a energia e ficam com mau humor.

Para Johannes Blitzer, do Hospital Universitário da Basiléia, na Suíça, a menopausa não deve ser relacionada com a perda do apetite sexual. Ele diz que, para resolver os problemas de sexo, o tratamento adequado reúne um conjunto de fatores psicológicos e hormonais, além da ajuda do parceiro.

O especialista diz que, em algumas ocasiões, as disfunções sexuais das mulheres estão relacionadas também com os seus parceiros, pois “a idade avançada remete a disfunções eréteis por parte dos homens”.

0 comentários:

Postar um comentário